22/08/2019

RESENHA #36 - “ALMAS GÊMEAS” - NICHOLAS SPARKS


LIVRO: “ALMAS GÊMEAS”
TÍTULO ORIGINAL: “EVERY BREATH”
AUTOR: NICHOLAS SPARKS
TRADUTOR: FERNANDA ABREU
EDITORA: ARQUEIRO
 PÁGINAS – 288
  EDIÇÃO 2018
CATEGORIA: FICÇÃO AMERICANA
ASSUNTO: ROMANCE
ISBN: -  978-85-8041-863-7


CITAÇÃO:

“Os cabelos ainda úmidos, saiu para o deque dos fundos. O ar continuava quente, mas o sol já estava mais baixo e o céu havia se desabrochado num leque de milhares de tons amarelo e laranja. Estreitando os olhos, distinguiu com dificuldade, ao longe, o que parecia um grupo de golfinhos brincando nas ondas depois da arrebentação. Um portão com trinco dava para uma escada que descia até a passarela de tábuas por cima da vegetação; ele desceu os degraus e foi andando até a última duna, onde descobriu outra escada que levava à praia.” (pág. 29)

ANÁLISE TÉCNICA:

-CAPA-

Cartas amarradas com barbante vermelho e ao fundo, paisagem com mar, areia e pequenas plantas.
Capa: Flag/Hachette Book Group, Inc.
Adaptação de capa: Ana Paula Daudt Brandão.
Imagens dde capa: Linda Pugliese (cartas), Pawel Kazmierczak/Shutterstock (paisagem), Taddeus/Shutterstock (papel de quarta capa).

NOTA: 4,00  DE 5,OO

-DIAGRAMAÇÃO:

As folhas são amareladas com letras pretas medianas.
Conteúdo: dedicatória; Almas Gêmeas (pelo autor); dividido em duas partes numeradas em romanos e capítulos com títulos em letra maiúscula e pequeno logotipo no formato de carta; epílogo; nota do autor; e, agradecimentos.
Diagramação: Abreu’s System.
Impressão e acabamento: RR Donnelley.
FORMATO: 16 X 23 CM.
PESO: 0.35 KG
ACABAMENTO: BROCHURA

NOTA: 4,00 DE 5,00

- ESCRITA:

A narrativa é em terceira pessoa de forma descritiva e com diálogos complementares.
A descrição dos lugares é detalhada, poucos personagens secundários e uma intensa escrita, demonstrando os sentimentos das personagens de forma vívida, a ponto do leitor se achar presente aos fatos.
Alguns pequenos erros ortográficos e de grafia, porém não atrapalham a leitura, embora mereça melhor cuidado na revisão.
Preparo dos originais: Rafaella Lemos.
Revisão: Mariana Rimoli e Tereza da Rocha.

NOTA: 4,00  DE 5,00

CITAÇÃO:

“Sustentou o olhar dele sem desviar o seu. Ele chegou mais perto ainda.
Ela sabia o que estava acontecendo. Não era preciso dizer nada. Tornou a pensar que nada daquilo podia ser real, mas quando o corpo dele encostou no dela, tudo de repente lhe pareceu mais real do que qualquer outra coisa que ela houvesse experimentado.” (pág. 127)


SINOPSE:

“Hope Anderson está numa encruzilhada. Aos 36 anos, ela namora o mesmo homem há seis, sem perspectiva de casamento. Quando seu pai é diagnosticado com ELA, Hope resolve passar uma semana na casa de praia da família, na Carolina do Norte, para pensar nas difíceis decisões que precisa tomar em relação ao próprio futuro.
Tru Walls nasceu numa família rica no Zimbábue. Nunca esteve nos Estados Unidos, até receber uma carta de um homem que diz ser seu pai biológico, convidando-o a encontrá-lo numa casa de praia na Carolina do Norte. Intrigado ele aceita e faz a viagem.
Quando os dois estranhos se cruzam na praia, nasce entre eles uma ligação eletrizante e imediata. Nos dias que se seguem, os sentimentos que desenvolvem um pelo outro os obrigam a fazer escolhas que colocam à prova suas lealdades e reais chances de felicidade.
O novo romance de Nicholas Sparks, na tradição de Diário de uma Paixão e Noites de Tormenta, aborda as muitas facetas do amor, os arrependimentos e a esperança que nunca morre, trazendo à tona a pergunta: por quanto tempo um sonho consegue sobreviver?”

CITAÇÃO:

O chalé se parecia com o que seus pais tinham antigamente, com a pintura desbotada, degraus que subiam até a porta de entrada e uma varanda na frente, castigada pelo tempo. Ver aquele lugar a fez sentir muitas saudades da antiga casa da família. Como ela desconfiava, os novos donos não tinham perdido tempo em derrubá-la e construir outra mais nova e maior, parecida com aquela em que Tru ficara hospedado.” (pág. 180)

RESUMO SINÓPTICO:

 Como a sinopse está bem explicativa, não achei necessário fazer um resumo da história.

ANÁLISE CRÍTICA E DO AUTOR:

Falar de Nicholas Sparks é sempre polêmico, pois tem aqueles que o amam (como eu) e aqueles que acham seus livros, digamos, superficiais; acredito que esses sejam bem críticos, afinal, um autor que é traduzido em uma centena de países, um dos mais vendidos no mundo e seus livros são transformados em filmes, não pode ter uma escrita medíocre onde os leitores não se identifiquem, concordam?
Acredito que ele traz aquele apelo real, de assuntos que poderiam ser vividos por qualquer um e ainda acrescenta um toque de sentimentalismo e fatalidade, muito parecido com a vida real e talvez aí esteja o segredo de todo seu sucesso.
Aqui não foi diferente. Um romance inesperado e profundo que durou décadas de espera e no final, um reencontro idílico, profundo e confirma que quando o amor é realmente verdadeiro, pode superar as dificuldades e o tempo, trazendo felicidade, mesmo que por um tempo mais curto do que o esperado.
Especialmente esse livro foi para mim, porque Nicholas ambientou uma parte do enredo em uma praia Sunset Beach, na Carolina do Norte, em uma ilha localizada entre Wilmington e a divisa da Carolina do sul, onde tem uma caixa de correio denominada ALMAS GÊMEAS, onde as pessoas podem deixar uma carta, postal, correspondências, etc. que trazem esperança e sonhos para as pessoas, porque todos tem acesso a ler as histórias deixadas lá. Confesso que fiquei muito interessada em ir conhecer pessoalmente esse lugar, aparentemente mágico ou até quem sabe, implantar algo do tipo por aqui. Do jeito que amo cartas, seria um grande empreendimento e poderia ajudar muitas pessoas. Quem sabe um dia consiga?
Voltando ao livro... É um bom romance, carregado de dificuldades e escolhas feitas que poderiam ser repensadas e que trazem questionamentos que devemos fazer, sempre que pensamos em tomar decisões: razão ou coração? Tem trechos mais dolorosos de serem lidos também, se não os tivessem, não seria Nicholas Sparks, entretanto é uma leitura gostosa e apreciativa que recomendo para quem gosta do estilo do amor, de romance, de conhecer novos lugares e histórias pessoais e quer se divertir.
Boa leitura!


NOTA : 4,80  DE 5,00


SOBRE O AUTOR:

Nicholas Sparks nasceu em 1965 em Omaha, Nebraska. Cresceu em Fair Oaks na Califórnia e vive actualmente na Carolina do Norte com a família. Foi durante algum tempo delegado de informação médica até que Theresa Park, agente literária, decidiu começar a representá-lo, vendendo os direitos do seu primeiro romance O Diário de uma Paixão (The Notebook) à Warner Books. O sucesso foi imediato e a obra permaneceu durante 56 semanas consecutivas nos tops americanos. Seguiram-se livros como As Palavras que Nunca te Direi (Message in a Bottle) e Um amor para recordar (A Walk to Remember), Corações em Silêncio (The Rescue) também eles sucessos editoriais de grandes proporções, tendo o primeiro sido adaptado para versão cinematográfica pelo próprio autor.


CHEIRINHOS



RUDY





10 comentários:

  1. Olá Rudy! Também amo Nicholas Sparks, comprei esse livro mês passado, porem ainda não peguei pra ler, pois a fila de leitura está gigantesca, essa sua resenha me deixou ainda mais curiosa em conferi mais essa hstória do Tio Nick.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oiii ❤ A história parece realmente boa e os personagens envolventes, mas não sou muito fã dos livros do Nicholas Sparks. Desde que li Querido John e me decepcionei tanto com a escrita do autor quanto com o final do livro, não li mais nada dele.
    Não tenho vontade de ler mais nenhum livro do Nicholas, mas nunca diga nunca né rsrsrs, quem sabe um dia eu leio...
    Beijos ❤

    ResponderExcluir
  3. Olá, Rudy! Apesar de já ter lido três livros do Nicholas Sparks, não acho que posso me considerar uma fã dele. Gosto da escrita dele, mas infelizmente não consigo me envolver totalmente com suas histórias.
    Gostei bastante da premissa de Almas Gêmeas, mas no momento acho que não estou na vibe de ler algo do Sparks. Mas quem sabe um dia... ♡
    Gosto bastante dessa capa, acho ela bem delicada!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Eu li somente um dos livros do Nicholas, mas concordo que se suas estórias não tivessem o valor não alcançaria tanto sucesso. Já ouvi dizer o mesmo do Paulo Coelho, uns adoram, outros odeiam. Acredito que o sucesso realmente está em pegar uma situação simples e explorar de forma que poderia acontecer com qualquer um, com suas alegrias e dramas. O fato de não explorar personagens secundários, ainda demanda mais talentos para segurar o leitor na trama principal. Já li sobre essa caixa de correios Almas gêmeas em algum lugar. Acho bem legal.

    ResponderExcluir
  5. Nicholas Sparks é o tipo de autor que realmente traz histórias que podem ser vividas pela maioria das pessoas.
    A única coisa que não gostei é que em todos os livros que li dele, alguém morreu rsrs Espero que em Almas Gêmeas seja diferente.
    Amei a resenha.
    Deve ser muito legal mesmo poder visitar essa cidade. Já pensou se você implementasse essa ideia aqui no Brasil? Maravilhoso rs

    Bjos

    ResponderExcluir
  6. Olá Rudy!!
    Eu adoro os livros do Nicholas Sparks, amo o seu jeito de escrever, cheio de sentimentos! Achei bem interessante essa caixa de correio onde as pessoas podem deixar cartas, gostaria de conhecer!! Adorei a capa do livro, gostei muito da resenha e quero muito ler o livro na íntegra!!

    ResponderExcluir
  7. Olá Rudy!
    Eu não li nenhum livro do autor mas já vi filmes que foram adaptado e sou aquela garota super clichê e romântica de carteirinha. Estou bastante curiosa para conhecer a escrita do autor. Espero uma ótima oportunidade!

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  8. Tenho vontade de ler, parece ser bem emocionante e tocante, que nos faz refletir.
    Mas fiquei com medo de ter final triste.
    Eu gostava muito dos livros dele, mas dei uma enjoada nos últimos tempos. rs
    bjs

    ResponderExcluir
  9. Oi, Rudy
    Tenho 3 livros do autor que ganhei de um amigo secreto literário ainda não li, quero poder ler logo, passei outras leituras na frente.
    Assisti todas as adaptações de seus livros e gostei muito, ainda estou adiando conhecer sua escrita por chorar que tem muitas coisas tristes em seus livros.
    Beijos

    ResponderExcluir

Adoro ler seus comentários, portanto falem o que pensam sem ofensas e assim que puder, retribuirei a visita e/ou responderei aqui seu comentário.
Obrigada!!
cheirinhos
Rudy