14/06/2015

RESENHA #33 - ”A LISTA” - CECÍLIA AHERN



LIVRO:”A LISTA”

TÍTULO ORIGINAL:”ONE HUNDRED NAMES”

AUTORA:CECÍLIA AHERN

TRADUÇÃO: AMANDA MOURA

EDITORA: NOVO CONCEITO

PÁGINAS – 384
1ª  EDIÇÃO
IMPRESSÃO 2015
CATEGORIA: FICÇÃO IRLANDESA
ASSUNTO: DRAMA
ISBN: - 978-85-8163-683-2


 Lista, A
 




CITAÇÃO: – Nada de substancial, nem concreto. Vou ter de cavar o fundo do baú, mexer na história dela à procura de esqueletos ou algo do tipo. Algo que não é nada “legal”. Esta é a minha chance, e provavelmente a última, de provar para muitas pessoas quem eu sou, e, seja lá o que Constance tenha visto, tenho a mais absoluta certeza de que não vi. É meio frustrante.” (pág. 101)



 





ANÁLISE TÉCNICA:





-CAPA-



Pequenos galhos cinzas e lilases, rodeados de vários nomes.



Título dentro de um coração branco.



A capa interna é lilás, linda, como a própria capa que é simples, porém tem um jogo de cores belíssimo.




Ilustração: WWW.boldandnoble.com



Tipologia do título: WWW.ruthrawland.uk



(nota:4,80 de 5,00)







-DIAGRAMAÇÃO:



As folhas são amareladas com letras pretas menores um pouco que a média, o que dificultou um pouco a leitura.



Conteúdo: dedicatória; 32 capítulos numerados em letra cursiva e diagrama igual ao da capa; agradecimentos, e, divulgação dos outros livros da autora.




Impressão e acabamento Cromosete 060415.



Produção editorial equipe Novo Conceito.



Formato/Acabamento: 16x23x2,4



Peso: 0.54 kg



(nota:4,50 de 5,00 )







- ESCRITA:



Narrativa feita em terceira pessoa desconhecida, dando uma visão ampla dos sentimentos e opiniões de todas as personagens.



Diálogos dinâmicos, dando fluidez a leitura e entendimento correto do enredo.



Alguns trechos foram descritivos em excesso e poderiam ser suprimidos.

Um ou dois erros de ortografia que podem ser consertados com uma nova revisão. Nada que chegue a incomodar.





(nota:4,80  de 5,00)







CITAÇÃO: “[...] Ela me disse que a busca pela verdade não deve ser necessariamente um trabalho desenfreado onde vale tudo para revelar uma mentira, nem significa encontrar algo precisamente inovador, nada disso. A grande questão é encontrar o cerne do que é real. Meu trabalho não foi revelar um segredo ou uma mentira, nem encontrar algo mirabolante que essas cem pessoas estariam escondendo de mim. Meu trabalho era simplesmente ouvir as histórias de vida delas. [...]”. (pág. 373)



RESUMO SINÓPTICO:



Katherine Logan era jornalista da Revista Etcetera, ganhou um programa na TV: Thirty Minutes. Após uma matéria equivocada onde prejudicou a vida de um professor e pai de família, acusando-o de pedófilo injustamente, sua vida começa a desmoronar também: o namorado a abandona sem motivo aparente, seu melhor amigo está decepcionado com ela, assim como sua família distante e sua melhor amiga,confidente e mentora, Constance, está gravemente doente à beira da morte...E ainda por cima responde a um processo judicial e a possível perda do emprego.



Constance deixa um mistério para Kitty resolver antes de morrer, um último projeto jornalístico em que estava trabalhando: uma lista com cem nomes desconhecidos, de pessoas comuns e incógnitas.Sem nenhuma determinação específica do que fazer e o porquê dos nomes, Kitty deverá escrever a melhor matéria de sua carreira a começar do nada...



Começa então a entrar em contato com os nomes da lista e a tarefa acaba se tornando um tanto frustrante. Ninguém havia sido contatado por Constance e não sabiam o motivo de seus nomes estarem na lista. Kitty começa a escutar a história de vida de alguns que se prontificaram a recebê-la para a entrevista e percebe as conexões de suas histórias e começa a compreender porque foi escolhida para escrever a matéria...







ANÁLISE CRÍTICA E DO AUTORA:



Sinceramente não sei como me expressar nessa resenha...É que o livro não é impactante, entretanto tem um ensinamento tão subliminar que é muito mais perceptivo do que explícito, se é que me entendem.



No início achei que seria mais um enredo simples, de apenas mais um estória de drama da protagonista, alguns trechos bem descritivos achei desnecessários, embora goste de detalhes, mas eles não cabiam a meu ver. Era como se fosse para ampliar a escrita, porém não precisavam estar ali.



Até que o verdadeiro sentido do livro começou a se desvendar aos meus olhos e tudo passou a fazer sentido. Como algo que se descortina sem esperarmos e de repente se faz à luz!!



A Cecília sabe como atingir o leitor de forma sutil, vai introduzindo aos poucos a resposta aos mistérios inseridos no decorrer de toda a trama e ao final, nos pegamos refletindo e repensando o verdadeiro sentido da vida.

Cada um de nós tem uma história simples e verdadeira para contar!!!



E livro bom não é esse que nos faz melhorar nosso entendimento?



Mais que recomendado!




NOTA : 4,70 de 5,00

 
 


SOBRE O AUTORA:





Cecelia Ahern é irlandesa e formou-se em Jornalismo e Meios de Comunicação. Aos 21 anos escreveu seu primeiro romance, P.S. Eu te Amo, que se tornou best-seller imediatamente e foi adaptado para o cinema – assim como Simplesmente Acontece. O Presente, O Livro do Amanhã e A Vez da Minha Vida também são best-sellers em todo o mundo. As obras de Cecelia Ahern são publicadas em 46 países e já venderam, ao todo, mais de 13 milhões de cópias. Ela vive em Dublin com sua família.





CORTESIA EDITORA NOVO CONCEITO!
 





cheirinhos
Rudy



PENSAMENTO DO DIA

"Para conseguir a amizade de uma pessoa digna é preciso desenvolvermos em nós mesmos as qualidades que naquela admiramos."(Sócrates)

 

13 comentários:

  1. Olá Rudy, achei interessante a história do livro e também adorei a página lilás!!! Rudy, passei também para agradecer por seu voto lá na minha receita do amendoim com açúcar, mas não sei se você viu o empate de novo....rsrsrsrs...Se puder votar novamente ficarei feliz. O link agora é outro:

    http://piteisdadinha.blogspot.com.br/2015/06/pvotar-no-segundo-desempate-do-concurso.html

    Beijos e tenha uma linda semana!!!

    ResponderExcluir
  2. Oi amiga, passando para desejar uma linda noite e um ótimo inicio de semana!
    bjcas
    www.estou-crescendo.com/

    ResponderExcluir
  3. eu ja li, mas sabe aquela história que te marca que você não consegue expressar bem em palavras?
    se pararmos pra analisar é um enredo mais simples, mas talvez o mais significativo da autora, ao trabalhar essa lista interminável de histórias ela nos mostra como cada um é especial! me peguei chorando em alguns momentos, rindo em outros, mas com certeza é um livro que recomendo!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá, Rudy.
    Quero mito ler esse livro, principalmente porque parece ser um daqueles livros lindos e emocionantes.
    Excelente dica, Rudy.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de junho. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  5. cara Rudy, ainda não li nada de Cecilia Ahern, nem o badalado "p.s.eu te amo" que tive uma vontade enorme. não há explicação pra isso. às vezes passamos um tempo imenso até descobrirmos um autor. espero que eu não tarda a ler algo dela, afinal de contas, você e outros amigos os quais costumo ser fiel leitor de resenhas têm escrito palavras elogiosas à obra dela. então vou colocar este na listinha também, sua resenha me deixou imensamente curioso. eitcha, este seu poder de esvaziar minha conta bancária. :D

    ResponderExcluir
  6. Esta é a segunda resenha positiva sobre o livro que leio hoje. Será provavelmente a minha próxima leitura e espero gostar muito pois, até hoje só li um livro da autora.

    Beijão, Vanessa Meiser
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Rudy,
    Fiquei com um pouco de receio dessa leitura, mas vou ler assim que ele voltar, pois tive de solicitar troca porque o meu estava com defeito. Gostei da sua resenha e sim os que nos ensinam algo, sempre se torna uma boa leitura. Beijos Elis!!!

    http://amagiareal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi, Rudy! Achei a capa do livro tão bonita! A história parece ser emocionante. Fiquei curiosa para descobrir qual é a conexão entre as pessoas da lista.

    ResponderExcluir
  9. Oi Rudy! Gosto muito dos livros da Cecelia, e este pelo que vi não vai ser diferente.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  10. Acredito que mesmo com todas as diferenças, sempre temos algo em comum.
    O enredo do livro, apesar de simples, é bem chamativo. Na verdade, acho q seja pela simplicidade. Isso toca nossos corações e deixa tudo mais verdadeiro e nos identificamos mais.
    Gostaria de ler pq parece bem tocante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi uma boa leitura para mim.
      Leia se puder.
      Desejo uma semana e um mes abençoado!
      cheirinhos
      Rudy

      Excluir
  11. Eu li já faz alguns anos e não gostei muito não.
    Achei que desandou da metade pro final.
    Foi legal a surpresa final sim, mas acho que poderia ter tido mais acontecimentos e emoções, sem contar que o final da protagonista ficou em aberto.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana!
      É um pouco cansativo mas gotei da premissa.
      Domingo carregadinho de luz e paz!
      cheirinhos
      Rudy

      Excluir

Adoro ler seus comentários, portanto falem o que pensam sem ofensas e assim que puder, retribuirei a visita e/ou responderei aqui seu comentário.
Obrigada!!
cheirinhos
Rudy