28/02/2017

RESENHA #16 - “AMEAÇAS E PROMESSAS” - BARBARA DELINSKY

 LIVRO: “AMEAÇAS E PROMESSAS”
AUTORA: BARBARA DELINSKY
SÉRIE:PRIMEIROS SUCESSOS VOLUME 48
TÍTULO ORIGINAL: ”THREATS AND PROMISES”
TRADUÇÃO: ALDO PORTO
EDITORA: HARLEQUIN BOOKS
PÁGINAS – 256
1ª  EDIÇÃO 2014
CATEGORIA: ROMANCE ESTRANGEIRO BANCA
ASSUNTO: ROMANCE
ISBN: - 978-85-39813-89-6


Ameaças e Promessas



ANÁLISE TÉCNICA:

-CAPA-

Por do sol refletindo em uma praia à frente de montanhas.
A capa é linda!
Arte final da capa: Isabelle Paiva

(nota: 4,80 de 5,00)


-DIAGRAMAÇÃO:

Papel reciclado com letras pretas abaixo da média.
Conteúdo: prólogo; onze capítulos apenas numerados; e, lançamentos de outros títulos da editora.
Feita por EDITORIARTE.
Impressão R.R. DONNELLEY

(nota: 3,50 de 5,00 )


- ESCRITA:

Narrativa em terceira pessoa desconhecida, mostrando um panorama geral dos fatos e personagens.
Diálogos rápidos e explicativos.

(nota: 4,80  de 5,00)

CITAÇÃO: “[...] – As relações familiares são coisas estranhas, as expectativas muitas vezes irrealistas. É como se usássemos antolhos.  Imagino que não entendo muito mais meus pais do que eles a mim, mas é uma lástima. Já que sou adulta. Eles são adultos. Não seria mais agradável se gostássemos uns dos outros?” (pág. 102)


RESUMO SINÓPTICO:

LAUREN STEVENSON fez cirurgia plástica com Richard Bowen nas Bahamas. Estava com a aparência totalmente modificada e ainda com 5kg a mais e que não alterava sua formação esguia. Estava prestes a voltar para Boston.
Beth Ann melhor amiga e sócia vai busca-la no aeroporto. Elas agenciavam artistas plásticos e davam uma nova roupagem às obras. Há um ano havia recebido uma herança com a morte do irmão e resolveu comprar uma propriedade há 30 minutos de Boston e estava prestes a reforma-la para viver no campo.
MATT KRUGER ficava sentado durante dois dias em um banco em frente a loja de Lauren, a observá-la. Ao entrar na loja se apresenta como amigo de Brad, seu irmão falecido há um ano. Diz que eram próximos. Ela desconfia. Por que apareceu apenas após um ano?
Acidentes estranhos começam a acontecer com Lauren: quase é atropelada em cima da calçada; a porta da garagem da casa da fazenda quase desaba em cima dela; um cachorro feroz a ataca; um carro a persegue na rodovia; mexem em suas coisas dentro da casa; enfim, tudo começa a acontecer depois que conheceu Matt e isso a intriga, embora estejam cada vez mais envolvidos e ele se torna seu ‘protetor’, ‘guarda costas’.
Matt começa a desconfiar que o ex-patrão do Brad estava envolvido, pois ele havia descoberto falcatruas antes de morrer e estava extorquindo dinheiro dele.
Até Lauren receber cartas anônimas endereçadas a uma tal de Susan Milles. Ela e Matt contrataram um detetive particular e eles mesmos vão em busca de Susan e de respostas.
Por que estavam assustando e perseguindo Lauren?


ANÁLISE CRÍTICA E DO AUTORA:

Como um romance, o foco principal do livro é esse e uma vez mais vemos aquele amor instantâneo surgir entre os protagonistas. Daí, logo pensei: Vamos ter mais do mesmo. Como estava enganada!...
Vejam! Não é que não goste de clichês, muito pelo contrário, acredito que amor sem clichê nem existe, mas é que leio tantos romances e por vezes eles parecem se repetir da mesma forma. Aqui não acontece isso...
A autora soube inserir toda uma trama de mistério no decorrer do livro que em determinado momento, cheguei mesmo a questionar se os protagonistas eram quem realmente diziam ser.
Fato é que houve, além de romance, mistério e tensão, o que deu ao livro uma celeridade maior e aguçou a curiosidade para poder desvendar todo suspense junto aos protagonistas.
Não, não foi um livro perfeito, porque alguns pontos ficaram sem respostas, a autora deu uns ‘furos’ no enredo, sem contar que o final, apesar de crível, foi um tanto corrido. Ainda assim foi uma leitura agradável e prazerosa, cheia de tensão e suspense.
Recomendo para quem gosta de romances com uma pitada de mistério a ser desvendado.

NOTA : 4,30 de 5,00

 Emoticon triste

SOBRE O AUTORA:

Foto -Barbara Delinsky

Barbara Delinsky cresceu e se criou no subúrbio de Boston. "A morte de minha mãe, quando eu tinha 8 anos foi um dos momentos mais tristes da minha infância." Durante sua infância, ela teve aulas de piano, flauta e dança". Depois de se formar no colégio, ela graduou-se em Psicologia da Arte pela Universidade Tufts e, em seguida, pós-graduou em Artes da Sociologia pela Boston College. "Eu gostaria de dizer que tinha uma carreira em mente, mas mulheres em geral não se preocupavam tanto com isso naquela época. A real motivação para meus estudos, foi conseguir um trabalho melhor com melhor remuneração. Meu marido estava começando o curso de direito. Nós precisávamos de dinheiro".
Ela nunca pensou em fazer carreira como escritora. Depois da graduação, ela trabalhou como pesquisadora na Sociedade de Massachusetts contra a crueldade à crianças e como fotógrafa e repórter pelo Belmont Herald.
Barbara Delinsky tornou-se escritora por acidente. Como um verdadeiro mestre das emoções intensas, ela toca mentes e corações de seus leitores com histórias fascinantes de dramas e relacionamentos comoventes. "Os leitores identificam-se com meus personagens. Eles os conhecem. Sou escritora da atualidade escrevendo sobre pessoas da atualidade que enfrentam desafios que qualquer um poderia enfrentar. Os livros de Barbara são emocionantes, lidam com casamento, paternidade, amizade e muito mais. São presença constante na lista de livros mais vendidos nos maiores jornais americanos.

Barbara Delinsky escreveu inúmeros romances de sucesso ao longo dos últimos vinte anos. No Brasil, tornou-se, em pouco tempo, uma das autoras mais adoradas, e seus livros já venderam mais de 100 mil exemplares. Lançados em 25 idiomas, seus romances são presença constante nas listas dos mais vendidos de O Globo, Veja, IstoÉ, The New York Times, The Wall Street Journal e Publishers Weekly. Barbara Delinsky sempre residiu na Nova Inglaterra, e ela e o marido têm três filhos. Da autora, a Bertrand Brasil lançou também, entre outros: De repente, A estrada do Mar, Juntos na solidão, O lago da paixão, O lugar de uma mulher, Mais que amigos, Para minhas filhas, Sombras de Grace, Três desejos, Uma mulher misteriosa, Uma mulher traída e Pelo amor de Pete.



CHEIRINHOS
RUDY



PENSAMENTO DO DIA:

"
Um amor, uma carreira, uma revolução: outras tantas coisas que se começam sem saber como acabarão." (
Jean-Paul Sartre)


8 comentários:

  1. Ainda não gosto muito de livros narrado em terceira pessoa... Tbm não sei ao certo o pq...Mas tenho certa dificuldade com isso.
    Até hoje não li nenhum livro da editora harlequim... vi alguns e parecem ótimos...
    Quanto ao livro... Eu leria, sim. Parece ser muito bom.

    ResponderExcluir
  2. Parece bem legal, a autora é muito bem falada, e esse romance com um toque de suspense sempre é gostoso de ler.
    bjss

    ResponderExcluir
  3. Gosto muito de romances, então é claro que gostei da dica. Que bom que este livro não foi mais do mesmo e ainda possui um pouco de suspense, isso torna a trama ainda interessante. A a pergunta que ficou, sobre quem persegue a protagonista me deixou super curiosa, ótima resenha e dica.
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir
  4. Também não tenho nada conta clichês, desde que as personagens sejam interessantes o suficiente para nos encantar. Mistério, suspense e tensão fazem muita diferença dentro de um enredo.

    *☆* Sorteio rolando no blog. Participem. *☆*

    ResponderExcluir
  5. Rudy,gosto muito de romances. Mas se vem acompanhado de muitos mistérios, intrigas e suspenses,melhor ainda!
    Dá uma apimentada na história.

    E com toda certeza,pretendo ler!

    Ah! Apesar de simples,gostei da capa!

    ResponderExcluir
  6. Que legal!
    Estou começando a gostar muito desse tipo de livro e gostei da resenha.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oi Rudy!
    Eu ainda não tive oportunidade de ler nenhum livro da Harlequin! Achei interessante saber que as folhas são de papo reciclado. Pode até ser um romance cliché, mas achei que tem muitos mistérios, e suspense! Super intrigante e instigante!
    Beijos!

    ResponderExcluir

Adoro ler seus comentários, portanto falem o que pensam sem ofensas e assim que puder, retribuirei a visita e/ou responderei aqui seu comentário.
Obrigada!!
cheirinhos
Rudy