27/04/2017

RESENHA #28 - “SALTIMBANCO” (LITERATURA NACIONAL) - MARCELO A. GALVÃO



CONTO: “SALTIMBANCO” (LITERATURA NACIONAL)

COLEÇÃO: CONTOS DO DRAGÃO

AUTOR: MARCELO A. GALVÃO

EDITORA: DRACO

PÁGINAS – 9

1ª  EDIÇÃO 2014

CATEGORIA: LITERATURA BRASILEIRA

ASSUNTO: FICÇÃO/CONTO

 saltimbanco-marcelo




CITAÇÃO: ” “Eu vou ser engraçado”, desejou numa certeza infantil, como fizera várias vezes ao dia ao segurar o objeto. “E então serei mais famoso que o mestre”.



ANÁLISE TÉCNICA:




-CAPA-


Figuras geográficas e coloridas ao fundo e titulo + nome do autor à frente.

Feita por ERICKSAMA.




-DIAGRAMAÇÃO:


Não como se falar sobre a diagramação já que o livro foi lido em e-book.




- ESCRITA:


Narrativa descritiva em 3ª pessoa desconhecida e diálogos céleres, rápidos e de fcil entendimento.




CITAÇÃO: “Moedas choveram, em meio às gargalhadas e gritos de euforia.”




SINOPSE:


“Autor de "Vida e morte do último astro pornô na Terra". Ao fazer um pedido especial aos deuses, um jovem artista descobre que até mesmo as divindades têm um senso de humor peculiar.”




RESUMO SINÓPTICO:


GAPU é aprendia de MONTANI e apenas quer ser engraçado e reconhecido por sua arte.

Caçula de sete irmãos, família humilde, estatura e membros mais curtos que os outros meninos da sua idade.

Encontrou um artefato da divindade conhecida como Zaio, protetora dos artistas em uma ruína na estrada e achou que era um presente dos Deuses. Na verdade Zaio era Deus dos artistas e trapaceiros, amante das zombarias e brincadeiras cruéis.

MONTANI é o melhor saltimbanco do reino. Costumava humilhar os aprendizes e visita-los nas madrugadas, sussurrando obscenidades, enquanto percorria os corpos das crianças com lascívia.

Os shows não tinham mais tanto apreciadores, nem aplausos e muito menos dinheiro; porém, depois que Gadu encontrou o artefato, tudo mudou... mudou mesmo...



ANÁLISE CRÍTICA E DO AUTOR:


O conto tem um certo ar de mistério e maldade da parte do saltimbanco. Ele era cruel.

Mostra que mesmo a inocência e o simples desejo de ser reconhecido e se tornar superior ao mestre, pode trazer consequências inesperadas devido a ambição infantil.

Tem um certo humor ácido, reviravolta espetacular, embora triste ao final. Confesso que fiquei um tanto triste pelo pobre GADU, não merecia ser protagonista de seus próprios atos inocentes apenas por querer ser reconhecido como o melhor.

O conto é bem escrito e até um tanto tenebroso.

Recomendado!



NOTA : 4,00 de 5,00

 Emoticon triste




SOBRE O AUTOR:



Marcelo A. Galvão  é apreciador de diversos gêneros literários. Seus contos já foram publicados em sites e na revista Scarium (edições nº 21, 23 e 25). Foi premiado no 3º Concurso Literário da Scarium – Categoria Horror (2006), na 16ª edição do Prêmio Cataratas (2007) e primeiro lugar na votação do júri no 2º Prêmio Braulio Tavares (2008). Blog galvanizado.wordpress.com




EXEMPLAR CEDIDO PELA EDITORA DRACO.

 PARCERIA EDITORA DRACO



Baixe grátis agora mesmo: Amazon | Outras lojas



cheirinhos

Rudy





9 comentários:

  1. Parece divertido, embora eu tenha um pouco de receio de humor ácido. Legal esses contos da Draco pq estão bem variados.

    *☆* Atraentemente *☆*

    ResponderExcluir
  2. Gostei! Parece ser bem fantástico e cheio de reviravoltas, bem e o mal juntos, interessante!
    Dica anotada aqui!
    bjsss

    ResponderExcluir
  3. Adoro quando há reviravoltas na história e meu amor por essa editora só cresce, já vou ler.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia as obras de Marcelo, fiquei curiosa em conhece porque parece que ele já tem grandes conhecido na área literária. O que gostei bastante da sua analise, foi em saber que tem misterio que algo que particularmente amo demais

    ResponderExcluir
  5. Olá, Gostei do livro, a trama me pareceu bem legal e interessante!!
    Uma boa dica para poder conhecer!

    ResponderExcluir
  6. Oi Rudy, não tenho certeza mas pelo padrão de capa acho que eram os contos desse autor que estavam gratuitos há um tempo na Amazon e eu baixei pela premissa meio tenebrosa, embora não me lembre desse... posso estar enganada rs.
    Que bom que você curtiu a leitura, apesar das ressalvas

    ResponderExcluir
  7. Tenho que dizer que não é das minhas leituras favoritas, humor ácido é por muitas vezes irritante pra mim, mas espero que esse seja moderado haha! A história em si me parece bem interessante, apesar dos pesares! Espero algum dia ter oportunidade de conhecer!
    Beijos de luz!
    Fabricando Sonhos

    ResponderExcluir
  8. Até hoje não entendi bem como funciona...
    São vários autores e vários contos?

    ResponderExcluir
  9. O conto mostra que algumas vezes tentarmos sermos os melhores pode nos trazer consequências, fiquei um pouco receosa com o toque de maldade e o humor ácido.

    ResponderExcluir

Adoro ler seus comentários, portanto falem o que pensam sem ofensas e assim que puder, retribuirei a visita e/ou responderei aqui seu comentário.
Obrigada!!
cheirinhos
Rudy