23/03/2018

RESENHA #14 - “LEMBRANÇAS DE UM DIÁRIO” (LITERATURA NACIONAL) - JOANA AMORIM


LIVRO: “LEMBRANÇAS DE UM DIÁRIO” (LITERATURA NACIONAL)
AUTORA: JOANA AMORIM
EDITORA: CHIADO
PÁGINAS –170
  EDIÇÃO 2016
CATEGORIA: POESIA BRASILEIRA
ASSUNTO: POEMAS
ISBN: - 978-989-51-6821-7

LIVRO LEMBRANÇAS DE UM DIARIO

CITAÇÃO:

“Pudera eu investir em você
Poderia te procurar em mim
Ou te achar dentro de uma concha no mar.

Para guardar-te em uma caixa
E não deixá-lo sair por nada
E ali cultivar seu amor.” (PÁG. 17)

“[...] Sentindo seu cheiro no vento,
Não sabia que era enorme esse sentimento.
Está tudo aqui guardado, e não sei o que fazer
Dói pensar como seria, mas não foi.
Vou tentar sonhar...[...]” (PÁG. 27)

“Mas o medo é preciso sempre
Para nos parar na hora certa
Antes que choremos por culpa” (PÁG. 54)

ANÁLISE TÉCNICA:

-CAPA-

Foto de uma jovem, dentro de um círculo com ramos e folhas, parece uma moldura.

NOTA: 4,50 de 5,00

-DIAGRAMAÇÃO:

Poemas datados em ordem crescente, sem títulos (apenas dois com título), em forma de diário. Maior concentração de poesias nos anos 2000 e grande parte em 2015.
Não posso falar da diagramação, pois o livro foi lido em PDF.
encadernação: Brochura
formato: 14 x 22

- ESCRITA:

Escrita em primeira pessoa pela autora, é fluida, carregada de sentimento e expressões fortes sobre a vida.
Não há erros, já que em poemas, são permitidas várias construções poéticas.
Alguns poemas são com rimas, outros não.
Revisão: Clayton De La Vie.

NOTA: 4,80 de 5,00

CITAÇÃO:

“Quero me fantasiar...
Fingir que sou feliz
Acho que é o que eu sempre quis” (PÁG. 32)

“Esse sentimento que vive nas minhas entranhas
Comendo-me como um câncer
Que a cura só pode ser você” (PÁG. 35)

“Vou dormir sonhando e acordar chorando
Ou posso dormir zangada e acordar sorrindo
Depende do meu sonho, se será feio ou bonito” (PÁG. 49)

SINOPSE:

“Com o passar do tempo esquecemos algumas coisas que deveriam ser lembradas para sempre, mesmo que não sejam lembranças só de felicidade, porque também aprendemos com os nossos erros. Para não deixar as coisas que mais marcam a nossa vida escapar da memória, coloquem tudo em um caderno! Tudo escrito a lápis como nos bons tempos e guardem até o dia que ele possa ser revelado. Espero que meu diário seja um incentivo para que escrevam o de vocês, que todos possam se identificar com ele e tirar proveito dessas experiências e desses dias que marcaram a minha trajetória. Um segundo pode mudar toda uma vida.”

CITAÇÃO:

“Um dom ou maldição
Que atormenta o coração
Mas acaba sendo escrita pela razão.” (PÁG. 61)

“Sempre há pássaros na minha janela
Avisando que está chegando minha estação preferida
Que a escrever sempre me inspira
Gosto do barulho da chuva
O frio que me faz escrever na cama
E o barulho do vento lá fora
A calmaria depois da tempestade
Que acompanhou meu sono esta noite
E a manhã ensolarada que hoje me recebeu.” (PÁG. 70)

“Queria ganhar uma flor apenas
Não um buquê ou ramalhete, mas uma flor apenas
Dessas que alegram o coração sem usar palavras.” (PÁG. 76)


RESUMO SINÓPTICO:

Compilação de poemas da autora, onde registra seu cotidiano em forma de diário em versos.
As poesias falam sobre existencialismo, dúvidas, acontecimentos cotidianos, sentimentos em relação a fatos ocorridos, alguns bonitos, outro nem tanto, porém, fazem parte da vida. Versa sobre sonhos, desejos e principalmente sobre o amor.
Não há muito a acrescentar do que já está dito na sinopse.



CITAÇÃO:

“Peço desculpas pelo mau-humor
Não é justo para o amor
Ser magoado por um minuto de rancor.” (PÁG. 82)

“Você é especial...
É a minha fonte de luz
Que ilumina minhas noites sem estrelas
Que consegue pintar o meu céu de azul
Sempre quando ele está escuro
Voz que escuto na escuridão
E logo surge o amanhecer
Você me encanta com sua personalidade estranha
Com seu sorriso de criança
Na minha vida fazendo lambança
E enchendo-a de esperança.” (PÁG. 90)

“Abro a porta da minha casa
Para meu pedido entrar
Mas ainda não chegou
Tenho que esperar.” (PÁG. 98)


ANÁLISE CRÍTICA E DO AUTORA:

Resenhar sobre poesia é algo bem subjetivo.
Sempre comento que livros, são questão de identificação de acordo com nossas experiências de vida e sensibilidade.
E se o livro é de poemas, acredito que esse sentimento é ainda mais exacerbado, afinal, para gostar, é preciso que haja ‘feeling’ entre o que está escrito e como ele nos atinge de forma emocional.
Escuto sempre as pessoas dizerem que não gostam de ler poesias, porque não conseguem entender algumas vezes, o que o autor quer transmitir com seus veros.
Já digo que gosto de poesias porque mostra a alma desnudada de quem as escreve e aqui não é diferente.
A autora transmite de forma clara e aberta, sentimentos diante de situações e desejos que passou, deixando gravados, momentos que poderiam ser esquecidos com o tempo e jamais lembrados, pois nossa memória é fraca e os momentos longínquos se perdem... Registrou tudo com datas, em forma de diário, o que permite com que acompanhemos o desenvolvimento de uma história pessoal, mostrando amadurecimento, tanto na escrita, como na expressão.
É um daqueles livros que falam sobre o cotidiano simples de uma pessoa normal, que passa por seus conflitos, tem seus desejos e aspirações, e, acima de tudo, reconhece seus erros e quer apenas ser alguém que ama e quer ser amada e aceita.
Recomendo a leitura para todos que possuem sensibilidade e querem conhecer mais uma história de vida, baseada em poesias.

NOTA : 4,50 DE 5,00

Resultado de imagem para EMOJIONSResultado de imagem para EMOJIONSResultado de imagem para EMOJIONSResultado de imagem para EMOJIONSResultado de imagem para EMOJIONS


CITAÇÃO:

“Peço ao tempo um tempo
Para me livrar do tormento
Enquanto não pego no sono.” (PÁG. 104)

“Sou movida pela paixão
Por querer viver a emoção
Tudo aquilo que é perigoso
E pelo poder da sedução.” (PÁG. 108)

“Tão confusa com meus sentimentos
Que estão fadados ao impossível
Em rodar em volta de mim mesma
Esperando os acontecimentos.” (PÁG. 114)


SOBRE O AUTORA:


Nascida no Rio de Janeiro em 20 de Maio de 1977. Escritora, compositora e cantora, seus livros publicados são: "Coisas do Coração", "o Milagre de Clarinha", Peça de teatro: "Príncipe ou Sapo?", compartilhando sua experiência de vida de como reconhecer um homem pelo seu caráter e sensibilidade e não só pela sua beleza estética. Como ela sempre diz: "Que venha a paixão, seja ela como for". É mãe de dois filhos, apaixonada por música,  uma em especial de sua composição que é a música "Além do tempo". Filha de Daria Leiroz e Juarez Amorim, casada. Participou da Bienal do Rio em Setembro de 2015, Criadora do seu projeto “Joana Amorim lendo na sua escola”. Adora receber cartas e escreve sempre com uma caneca de café ao lado, a sua bebida preferida, anda sempre com lápis e seu caderno de  elástico e anota tudo que lhe vem a mente em qualquer lugar.



Blog: http://joanaamorimautoraautografia.blogspot.com.br/





CITAÇÃO:

“Vou me libertar do que não acredito
Tirar a sorte no palito
Tirar meu coração do conflito
E ao vento soltar meu grito.” (PÁG. 127)

“Quero acordar diva pela manhã
Continuar por todo o dia
E à noite adormecer bonita.” (PÁG. 14)

“Me sinto uma pena ao vento
Orgulhosa por viver a favor do vento
E contra tudo que desprezo.
Não me contento com o que me dão
Busco em mim a força para melhorar
Me desafiar, e renascer a emoção.” (PÁG. 154)

“Desejo-lhe a paz, para descobrir o amor
O amor, para descobrir a paz
E um futuro, que tenha ambas as coisas.” (PÁG. 157)

“Quero me vestir de anjo
Para me entender como espírito e como gente!” (PÁG. 161)



EXEMPLAR CEDIDO PELA AUTORA.

CHEIRINHOS



RUDY




27 comentários:

  1. Amei e estou agradecida Rudy. Obrigada pelas palavras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Joana!
      Quem agradece sou eu por ter me permitido tão boa leitura.
      Se tiver mais...só mandar.
      Obrigada pelo carinho e pela atenção!
      Boa semaninha!
      cheirinhos
      Rudy

      Excluir
  2. Como amo poesia e até me arrisco a desenhar algumas letras, sempre fico boba quando leio algo tão bom! E a autora é muito ímpar em suas letras!
    Adorei conhecer um pouquinho do trabalho dela!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amo também e já viu que me arrisco, mesmo que não sejam tão boas...kkkkkk
      Obrigada pelo carinho e pela atenção!
      Boa semaninha!
      cheirinhos
      Rudy

      Excluir
  3. Boa noite!
    Apreciando sua linda postagem e deixando essa reflexão.
    Deus não nos deu asas, mas nos dar forças todos os dias pra que aprendamos a voar! Sempre existe um amanhecer onde Deus renova nossas forças para prosseguir. Peço a Deus que amanhã nada de ruim aconteça em nossas vidas, sejamos confiantes no amor de Deus. Bom fim de semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lourdes!
      Obrigada pela reflexão.
      Obrigada pelo carinho e pela atenção!
      Boa semaninha!
      cheirinhos
      Rudy

      Excluir
  4. Tenho visto muitas resenhas e indicações desde livro. Mas confesso que, apesar de ter amado a capa e os posts que li, poesia não é a minha praia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Catarine!
      Muitas pessoas não tem o hábito, mas amo.
      Obrigada pelo carinho e pela atenção!
      Boa semaninha!
      cheirinhos
      Rudy

      Excluir
  5. Boa tarde!!
    Parabéns por mais uma fantástica postagem!!

    Especial : Paisagem...Um amor que não quero perder [ Poetizando...]

    Beijinhos. Bom fim de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cidália!
      Já fui lá.
      Obrigada pelo carinho e pela atenção!
      Boa semaninha!
      cheirinhos
      Rudy

      Excluir
  6. Ainda não conhecia a autora, mas como adoro poesia, e gosto muito de ler poesia, já quero ler se tiver oportunidade, ler poesia acalma a alma e amo!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lucia!
      Acalma mesmo.
      Obrigada pelo carinho e pela atenção!
      Boa semaninha!
      cheirinhos
      Rudy

      Excluir
  7. Gosto de poesias, apesar de não ter muita habilidade pra entendê-las bem.
    Mas acho que é isso que as tornam especiais né? Cada um enxerga de uma maneira.
    E esse livro parece ser simples e fofo, com bons ensinamentos através das poesias.
    Vou anotar aqui!
    bjoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana!
      É isso... cada um entende da forma que toca seu coração.
      Boa páscoa!
      cheirinhos
      Rudy

      Excluir
  8. Ah poesias, gosto muito!
    Gostei já pelo que você colocou, o livro com certeza deve ser bom.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Catarina!
      O livro é bom mesmo...
      Boa páscoa!
      cheirinhos
      Rudy

      Excluir
  9. Adorei a indicação, pois sou daqueles que ama poesia. Que interessante a forma como a autora organizou tudo em forma de diário. Concordo plenamente com tudo o que disse em sua análise crítica.

    *☆* Atraentemente *☆*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Evandro!
      Amo poesias, já deu para notar, né?
      O livro é lindo!
      Boa páscoa!
      cheirinhos
      Rudy

      Excluir
  10. Não conhecia esse livro, mas gostei de saber que é um compilado de poemas. Não costumo ler poemas, mas quando era criança eu lia bastante esse tipo de livro e gostava!

    Adorei a resenha, inclusive, o indiquei lá nos Links do Mês do blog!

    Beijos
    Inverno de 1996

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Monique!
      Adoro poesias!
      Obrigada pela indicação, viu?
      Boa páscoa!
      cheirinhos
      Rudy

      Excluir
  11. Achei a capa do livro super fofa, parece mesmo um diário. Confesso que nunca tinha ouvido falar desse livro, mas por ser poemas, acho que leria numa sentada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eduarda!
      O livro é lindo!
      Bom domingo!
      cheirinhos
      Rudy

      Excluir
  12. Aprendi a gostar d poemas com um professor, que é meu amigo. Ele tbm é poeta e me mostrou que mundo lindo é o da poesia.
    Na maioria das vezes, precisamos estar com o coração no que lemos, para poder entender o q o autor quis nos passar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom ler poesias.
      OBRIGADA pelo comentário!
      CHEIRINHOS
      RUDY

      Excluir
  13. Oi Rudy, tudo bem com você?
    Mais um livro que eu não conhecia e vi pela primeira vez por aqui.
    Obrigada!
    Bjkas

    http://www.acordeicomvontadedeler.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carol!
      Temos de sair do circuito dos livros 'badalados' e ampliar nossas leituras, concorda?
      Desejo uma semaninha de luz e paz!
      Gratidão!
      cheirinhos
      Rudy

      Excluir
  14. Eu também não gostava de poesias. E descobri que o motivo era porque eu ainda nao tinha lido nenhum poema que me fizesse compreendê-lo, sentir algo no momento da leitura.
    Achei esse livro bem interessante, e agora eu sou apaixonada por poesia.

    Bjos

    ResponderExcluir

Adoro ler seus comentários, portanto falem o que pensam sem ofensas e assim que puder, retribuirei a visita e/ou responderei aqui seu comentário.
Obrigada!!
cheirinhos
Rudy