21/04/2018

RESENHA #22 - “INTEIROS”(LITERATURA NACIONAL) - LYCIA BARROS


LIVRO: “INTEIROS”(LITERATURA NACIONAL)
AUTORA: LYCIA BARROS
EDITORA: AMAZON (E-BOOK) - Ed. Ases da literatura (livro físico)
PÁGINAS – 27
  EDIÇÃO 2017
CATEGORIA: ROMANCE BRASILEIRO
ASSUNTO: ROMANCE
ISBN: - B075K73HCH

Inteiros por [Barros, Lycia , Barros, Lycia]

CITAÇÃO:

“— Que mereço ficar com alguém que sempre lutou por mim.”


ANÁLISE TÉCNICA:

-CAPA-

Casal abraçado e risonho

-DIAGRAMAÇÃO:

Conteúdo: prólogo; biografia da autora; outros livros da autora; e, conto.

- ESCRITA:

A narrativa é feita em primeira pessoa pelo protagonista, mostrando seus pensamentos e sentimentos no decorrer da história.
É escrito de forma cronológica, marcada por anos, desde de a infância até a fase adulta.
Escrita inteligente fluida.


SINOPSE:

“Um conto sobre encontros e reencontros. Sobre perdas e ganhos. Sobre a amizade e o amor de duas almas que nasceram para ficarem juntas, mas que a vida precisou encaminhar para lados opostos... por algum tempo.”

RESUMO SINÓPTICO:

O ano era 1976 na Vila Calçoene. ROBERTO (BETO) corria atrás de ALIENA que queria chegar em casa com rapidez. Ao chegar ainda vê seu pai com a mala andando pela estrada: ele estava indo embora. Beto tentou consolá-la.
Em 1979 ambos tinham apenas 11 anos, entretanto Beto começou a notar que Aliena tinha um comportamento bipolar, hora o tratava bem, hora não. Ele a achava complexa, mas não deixava de correr atrás dela. Apesar de achá-la volátil, eles se completavam. Um sabia quando algo de ruim acontecia com o outro. Eram maduros para a idade e porque vinham de lares desfeitos, os pedaços destroçados de ambos, se encaixavam. Até que um dia quando estavam com 14 anos, Beto descobre que sente algo mais forte por Aliena.
No dia do aniversário de 15 anos de Aliena, D. Nilda, mãe dela, morre de um AVC e como o pai tinha ido embora, Aliena é obrigada a ir morar com a tia, irmã da mãe no Maranhão.
Foi um terror para Beto vê-la partir e ficou a espera da carta que ela disse que enviaria e esta chegou apenas três anos depois. Beto corre para ligar à Aliena e se surpreende quando ela o convida para visitá-la, no final de semana seguinte ele combina de ir. Ao chegar lá, tem a maior decepção na rodoviária ao ver Aliena de mãos dadas com um rapaz que parece militar. Ela logo apresenta como EDUARDO, seu noivo e pede que Beto seja o padrinho de casamento... Ele fica arraso, entretanto, fica e acha que é masoquista. Depois do casamento eles tem uma conversa bem elucidativa, mas descobre que tem de seguir a vida em frente...
Beto casa com Ludmila e tem dois filhos. Acaba vivendo sua vida, sem ter tido mais notícias de Aliena... Em 2012 a esposa morre de câncer e em 2013...ele tem um surpresa do destino...


ANÁLISE CRÍTICA E DO AUTORA:

É o segundo livro da autora e posso dizer que a característica principal da escrita dela, é o gostinho de curiosidade que ficamos no decorrer da leitura. O final fica com aquela incógnita e deixa o leitor imaginar o que poderá ou não acontecer.
Apesar de ser um conto, temos a profundidade dos sentimentos do protagonista bem descritos, a linha de raciocínio é lógica, trazendo de forma cronológica todo o desenvolvimento da amizade dos protagonistas e o desabrochar do que realmente acreditam que seja o amor.
O livro fala de como o destino traz o encontro e ao mesmo tempo, como causa os desencontros. Como as perdas vem de maneira inesperada e como cada pessoa a vivencia e forma diferenciada, porém não menos intensa.
Fala ainda de amizades duradouras e de que, quando o amor é verdadeiro, perdura, apesar da distância e das experiências pessoais vividas.
A única coisa que me incomodou um pouco foi que a cronologia em certo momento, não bate com as idades apresentadas, mas pode ser uma percepção errada da minha parte, não sei...
O final como já falei fica em aberto, porém é um aberto tendencioso para um desfecho desejado e não fiquei nada frustada com ele.
É um livro carregado de amor e claro que só posso recomendar, mas devo dizer  que com tantos desencontros, até chorei um pouco, porque traz um drama e tantas decepções, que fiquei triste em alguns momentos.

NOTA : 4,80 de 5,00

Resultado de imagem para EMOJIONSResultado de imagem para EMOJIONSResultado de imagem para EMOJIONSResultado de imagem para EMOJIONSResultado de imagem para EMOJIONS


SOBRE O AUTORA:

Foto -Lycia Barros

Nascida em 8 de junho de 1976, Lycia Barros se afirma como uma das grandes apostas para a literatura nacional. Atualmente, a autora mora com o marido e os filhos em sua cidade natal, Rio de Janeiro. Lycia cursou Letras na UFRJ e levou o amor aos livros para sua profissão.Seu primeiro romance, o livro “A Bandeja, qual pecado te seduz?”, foi vencedor do prêmio literário CODEX DE OURO 2013 como melhor romance brasileiro e também foi finalista do prêmio Areté de literatura, e será reeditado pela editora ARQUEIRO em 2014. Hoje, com 8 livros publicados, a autora dá palestras por todo Brasil e ministra cursos de escrita para novos autores.





CHEIRINHOS
RUDY




24 comentários:

  1. O que gostei logo de cara é o fato de ser narrado por um homem.
    Gostei da premissa, mas, na maioria das vezes, prefiro um final mais "concreto". Odeio terminar um livro e ficar imaginando o que poderia ter acontecido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Halana!
      Mas aqui é aberto, porém com uma tendência, sabe?
      Leia e tire suas conclusões.
      Semaninha abençoada!
      cheirinhos
      Rudy

      Excluir
  2. Mesmo o livro parecendo ser só amor gostei de saber que tem um drama mais forte, afinal, assim são as nossas vidas diárias, não é mesmo. Também concordo que um amor de verdade dura para sempre, mesmo que transformado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Roberta!
      É amor, drama e muitos desencontros, vale a pena a leitura.
      Semaninha abençoada!
      cheirinhos
      Rudy

      Excluir
  3. Parece ser um bom conto e diante da sinopse fiquei curioso com a leitura. É importante que mesmo diante de poucas páginas o autor consiga estruturar bem seu enredo e construir de forma consistente suas personagens. Quando os finais ficam abertos de forma inteligente e instigante eu gosto, só não curto aqueles livros que acabam do nada como se a última página tivesse sido arrancada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Evandro!
      Aqui o final é aberto, mas bem tendencioso, certeza que todos terão a mesma opinião.
      Semaninha abençoada!
      cheirinhos
      Rudy

      Excluir
  4. Oi Rudynalva, tudo bem?
    Amo os livros da autora, mas ainda não tive a oportunidade de ler esse. Gostei bastante dos seus comentários e já anotei o nome do livro por aqui.
    Bjkas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carol!
      Leia, sei que gostará.
      Semaninha abençoada!
      cheirinhos
      Rudy

      Excluir
  5. Olá Rudy!!
    Ainda não li nenhum livro da Lycia Barros, mas como gosto muito de romances tenho certeza que vou gostar muito de ler, gosto muito de livros de amizade duradoura e de amor verdadeiro, só não curto livros onde o final aberto, mas mesmo assim quero ler se tiver oportunidade!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lucia!
      Mas tem alguns que o final aberto cai bem como aqui.
      Se puder, leia.
      Semaninha abençoada!
      cheirinhos
      Rudy

      Excluir
  6. Oi, Rudy!
    Confesso que não curto livros que termina com o final em aberto, deixando o leitor imaginando o que poderá ou não acontecer, isso sempre me deixa frustrada; assim como também não gosto de histórias cheios de desencontros, provavelmente irei chorar igual a você rsrs... Mas se eu tiver a oportunidade de ler Inteiros vou ler sim pois gosto de ler livros nacionais e sempre que vejo um fico curiosa para conhecer...
    Bjos, valeu pela dica!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Any!
      É um final aberto, porém bem tendencioso, entende?
      Tem livros que gosto e tem outros que não.
      Tomara que consiga ler.
      Semaninha abençoada!
      cheirinhos
      Rudy

      Excluir
  7. Oi Rudy!
    Gosto de ficar com aquela curiosidade pra ver o que vai acontecer com a história. Gostei também dos temas abordados, sempre é bom ler sobre amor e amizade. Em relação a finais abertos não tenho nada contra, acho que fica a cargo da nossa imaginação.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Catarina!
      Gosto de finais abertos dependendo da história, aqui caiu perfeitamente bem.
      Semaninha abençoada!
      cheirinhos
      Rudy

      Excluir
  8. Oi Rudy,
    Que história mais bem construída, diferente de quase todos os romances que leio e vemos aquele amor repentino, o romance aqui foi muito bem feito, e acredito que por passar tanto tempo deve ter sido lindo e ao mesmo tempo sofredor acompanhar o casal.
    Apesar de não ter a oportunidade de ter lido nada - ainda - da autora, eu estou encantada, tinha uma visão completamente diferente de seus livros.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vitória!
      Bom que gostou, vale a pena mesmo a leitura.
      Boa semaninha!
      cheirinhos
      Rudy

      Excluir
  9. Olá Rudy!
    Eu tinha visto esse livro mas não li nd sobre ele, gostei mto de conhecer, a história me chamou atenção então vou add aos desejados, espero ler em breve.
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aline!
      E a lista dos desejados só aumenta, né?
      Boa semaninha!
      cheirinhos
      Rudy

      Excluir
  10. Eu li ele há muitos anos logo que a Lycia publicou numa coletânea digital.
    Mas eu já não me lembrava tanto do enredo.
    lembro que gostei bastante e fiquei com raiva da Aliena kkkk
    Adorei sua resenha, já baixei o meu no kindle, vou reler agora!
    bjão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana!
      Depois conta como foi a releitura.
      Boa semaninha!
      cheirinhos
      Rudy

      Excluir
  11. Bem interessante. Conheço poucos livros que são narrados por um homem. Mostrando seu olhar sobre a história. Adorei!! Mais um romance maravilhoso hein rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Larissa!
      Gosto quando isso acontece.
      Obrigada!
      Desejo um mês de luz e paz!
      cheirinhos
      Rudy

      Excluir
  12. Esse conto parece ser bem interessante!
    Adorei a resenha!

    Inclusive, indiquei seu post nos Links do Mês lá no blog!

    Beijos
    Inverno de 1996

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Monique!
      Obrigada querida, vou lá.
      Obrigada!
      Desejo um mês de luz e paz!
      cheirinhos
      Rudy

      Excluir

Adoro ler seus comentários, portanto falem o que pensam sem ofensas e assim que puder, retribuirei a visita e/ou responderei aqui seu comentário.
Obrigada!!
cheirinhos
Rudy