11/11/2018

RESENHA #67 - “ESCRIBAS DA ALMA” (LITERATURA NACIONAL) - ABDUL ASSAF


LIVRO: “ESCRIBAS DA ALMA” (LITERATURA NACIONAL)
AUTOR: ABDUL ASSAF
PÁGINAS - 69
CATEGORIA: LITERATURA BRASILEIRA
ASSUNTO: POEMAS

CITAÇÃO:

“[...] Os sentimentos
Não precisam de motivos
Os desejos
Não precisam de razão[...]”

“O tempo passa e a vida segue
No percurso das ondas do mar

É no balanço das águas
Em que encontro o meu remanso  

No crescer das árvores
Fortalece o meu viver 
Na fragilidade da flor
Envaidece meu querer

A força oculta do meu eu[...]”

ANÁLISE TÉCNICA:

-CAPA- 

Como o livro ainda está em processo de confecção, não há capa para ser mostrada.

-DIAGRAMAÇÃO:

São 62 poemas com títulos e alguns com subtítulos.

- ESCRITA:

Poemas escritos em grande parte em primeira pessoa pelo autor, sem rimas e com certa cadência.
A linguagem é moderna e de fácil entendimento. Alguns termos repetitivos que dão melhor entendimento as poesias e pensamentos.

CITAÇÃO:

“[...]O amigo é alguém
Solicito e disposto
O ombro fraterno
Nas horas mais difíceis[...]”

“[...]Tal como a fé
A esperança é um sentimento
Que resplandece em cada ser
Através do amor com o próximo[...]”

SINOPSE:

Coletânea de poesias do autor.

CITAÇÃO:

“Alegria

Alegria é viver
Intensamente
Alegria é amar
E ser amado
Alegria é curtir
A vida infinitamente
Alegria é respeitar
E ser respeitado
Alegria é ter amigos
Alegria é se divertir
Sem limites
Alegria é sentir prazer
Nas coisas mais simples
Alegria é cantar
Alegria é sorrir
Alegria é estar bem
Alegria é ser feliz
Alegria é estar contente
Alegria é ser alegre
Alegria é espontâneo
Alegria é tudo
Alegria é isso”

“[...]Daria tudo para jamais te perder em minha vida
Pois não consigo enxergar o caminho que nos separam
E muito menos, viver sem você[...]”

“[...]O amor é uma pluralidade
Multiplicidade infinita sentimentos
Como as ondas do mar
Que vem e que vão[...]”

RESUMO SINÓPTICO:

Coletânea de poemas do autor que por vezes parecem ser crônicas, devido a emissão de opinião e conclusão de suas observações sobre a vida, tempo, esperança, alegria de viver, amor, felicidade, despedida, saudades...

CITAÇÃO:

“Tenha

Tenha fé que tudo acontece
Tenha paciência que tudo dá jeito
Tenha sabedoria para lidar com as diversidades
Tenha garra e vontade para lutar e vencer
Tenha disposição para encarar os desafios
Tenha orgulho do que você faz
Tenha alegria por estar vivo
Tenha cumplicidade com o próximo
Tenha amor com quem te quer bem
Tenha liberdade de viver sem limites
Tenha vida em plenitude
Tenha felicidade infinita sempre”

“Gentileza

Um sentimento
Que aflora n’alma

A pureza do amor
No desabrochar da vida
A leve brisa da natureza
A desaguar pelo mundo

Gentileza é ser nobre
Partilhando da boa vontade
É ter valor ensinando valores[...]”


ANÁLISE CRÍTICA E DO AUTOR:

Recebi o convite de ser leitora ‘Beta’ ou como disse a assessora “um livro no prelo”, prestes a ser lançado, e, como sabem, sou uma admiradora de poesias/poemas. Claro que aceitei foi um prazer poder apreciar a leitura evolutiva nos poemas do autor.
Algo bem existencialista, onde ele mostra suas reflexões sobre a vida em vários estágios. Gostei de ver a evolução que o autor trouxe em seus escritos, todos ligados a questionamentos existenciais como conclusão de suas experiências de vida.
Incentiva a viver a vida da melhor forma possível com alegria e em busca da felicidade interior que transborda para a vida externa e social, mesmo com os percalços durante a trajetória.
Algumas poesias tem certa cadência como o tempo cronometrado pelo relógio da vida que não para de rodar, algumas são ainda bem melancólicas, outras fazem um comparativo com as forças da natureza, trazendo grandes metáforas, enfim, coisas simples como o sol, lua, mar, estrelas que ao mesmo tempo, tornam-se infinitas diante da visão do autor.
A única coisa que me incomodou um pouco em alguns textos, foi a repetição de termos que poderiam ser suprimidos e ainda assim poderiam ser entendidos sem problema algum, porém isso não compromete a leitura e traz a tal cadência que comentei.
De leitura agradável e aprazível e mais que recomendado.
Desejo sucesso ao autor.


NOTA : 4,60 DE 5,00

Resultado de imagem para EMOJIONSResultado de imagem para EMOJIONSResultado de imagem para EMOJIONSResultado de imagem para EMOJIONSResultado de imagem para EMOJIONS


SOBRE O AUTOR:

A imagem pode conter: 1 pessoa, close-up

Professor na empresa Governo do Estado do Paraná e Professor na empresa Governo do Estado do Paraná
Estudou Letras - Português/Literaturas na instituição de ensino fafipar - UEPR
Anterior: Colégio Estadual Alberto Gomes Veiga
Mora em Paranaguá.
O poeta parnanguara Abdul Assaf teve um poema de sua autoria selecionado para o livro “Antologias Poéticas” da Editora Vivara do Rio de Janeiro, que tem seu lançamento previsto para o primeiro semestre de 2013. O poema do parnanguara é intitulado “Alvorada Branca” que foi escolhido em meio a 4.274 trabalhos, num total de 2.137 de todas as regiões do Brasil no período de 01 de setembro a 05 de outubro de 2012. A seleção fez parte do Concurso Nacional ‘Novos Poetas’, Prêmio Poetize 2013.  O objetivo é difundir a arte literária para todo o Brasil, bem como, revelar novos poetas contando com o apoio da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e TV Brasil.
Descendente de libaneses, a ver pelo nome, o autor tem intensa agenda ligada à eventos literários e agora busca um plus.
Ao analisar sua trajetória poética, Abdul Assaf soma ao longo destes oito anos de carreira mais de 682 publicações entre jornais, portais eletrônicos e antologias poéticas tanto a nível regional quanto a nível nacional contrastando 05 prêmios já conquistados, ambos em Paranaguá destacando a Menção Honrosa no 1º Concurso Nacional de Poesias Júlia da Costa promovida pelo Isulpar em 2010 (prêmio este conquistado em Paranaguá) e o Prêmio de Participação no Concurso Literário “Castro Alves”, realizado na cidade litorânea de Rio Grande, no Rio Grande Sul, e claro, de sua condecoração como membro do Centro de Letras “Leôncio Correia”, considerado umas de suas grandiosas conquistas.

EXEMPLAR CEDIDO PELO AGENTE LITERÁRIO MARCELO PEREIRA RODRIGUES


CHEIRINHOS
RUDY



16 comentários:

  1. Amo poesias!! Tão bom ver nossos autores se saindo tão bem na literatura nacional. Gosto quando os poemas nos fazem sentir muitas coisas ao mesmo tempo, gosto quando a linguagem é leve e a leitura flui bem. E esse livro parece ser desse jeito.
    Ótima indicação.

    Bjos e tenha uma semana abençoada!! 😙💖

    ResponderExcluir
  2. Fico feliz quando vejo que ainda existem poetas neste país de realidade às vezes tão pouco inspiradora. Sucesso para o Abdul!

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Amei os poemas, não li livros relacionados a poemas mas adoro muito porque trás sentimentos muito maravilhosos. Não conhecia o autor mais adorei muito poder conhecer!

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  4. Olá Rudy!!
    Eu também amo poemas, gosto muito de ler, sempre me traz vários sentimentos bons!! Adorei conhecer o autor e o livro de Poesia, amei as poesias que citadas e adoraria ter o prazer de ler o livro!! Desejo Muito sucesso ao Abdul Assaf!!

    ResponderExcluir
  5. Eu gosto muito de poesia. Quando todo o sentimento do autor é exposto, emitindo opiniões e mostrando as certezas e incertezas que o cercam, acho ainda mais fascinante, pois nos aproxima das palavras. Desejo que o livro seja um sucesso. Tomara que chegue logo o lançamento.

    ResponderExcluir
  6. Boa noite! Sempre com interessantes postagens!! Amei!

    És o meu porto seguro...
    Beijos e uma excelente semana!

    ResponderExcluir
  7. Olá Rudy,
    Gostei bastante das citações que colocou, e acredito que poemas trazem mesmo várias palavras repetidas, mas para mim, isso não chega a ser um incômodo, até gosto.
    Bacana demais que você foi leitora beta, um reconhecimento do seu trabalho.
    Tenho poucos livros de poema, gostei desse por ser real, falar do dia a dia, parece que toca a gente.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia o livro, nem o autor, mas adorei os trechos, achei bem fofos e especiais!!
    Tô numa fase de ler bastante poesias e essas parecem lindas!
    já vou querer também ler!
    A Andressa minha best também adora, acho que vou comprar pra dar de natal pra ela! rs
    bjocas

    ResponderExcluir
  9. Oi Rudy!
    Primeira vez que leio sobre o livro, gostei mto, sou fã do gênero e espero ter uma oportunidade em breve de apreciar os poemas...
    Bjs!!

    ResponderExcluir
  10. O livro na verdade é bem curtinho com poesias bem lindas sendo sincera mas é realmente um gênero que eu não sou muito fã eu acho que a pessoa para ler poesia tem que ter uma certa sensibilidade ao interpretar cada palavra que o autor transmitiu e esse não é o meu caso

    ResponderExcluir
  11. A poesia sobre alegria é a cara do blog. Super combina!
    Agora eu leio poemas e poesias, sob muito incentivo do meu professor de História e um amigo poeta. Agora gosto bastante.
    Os desse livro estão muito lindos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Halana!
      Fico tão feliz que começou a ler poesia.
      Realmente o poema é a cara do blog, né?
      Bom domingo!
      cheirinhos
      Rudy

      Excluir
  12. Oi Rudinalva tudo bem?

    Viu, eu estive revisando meu livro durante o fim do ano passado para evitar sucessivas repetições na qual, fiz as devidas correções e acrescentei uns poemas a mais. Gostaria de dar uma olhadinha?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Abdul!
      Claro que sim amigo, basta mandar pelo email, ok?
      Aguardo.
      Boa sorte!
      Paz e bem!
      cheirinhos
      Rudy

      Excluir
  13. Oi Rudinalva, pode me informar seu e-mail por gentileza? Grato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Abdul!
      Recebi seu email e vou olhar.
      Gratidão pela confiança.
      Final de semana abençoado!
      cheirinhos
      Rudy

      Excluir

Adoro ler seus comentários, portanto falem o que pensam sem ofensas e assim que puder, retribuirei a visita e/ou responderei aqui seu comentário.
Obrigada!!
cheirinhos
Rudy