19/11/2018

RESENHA #69 - “SENHORITA AURORA” (LITERATURA NACIONAL) - BABI A. SETTE


LIVRO: “SENHORITA AURORA” (LITERATURA NACIONAL)
AUTORA: BABI A. SETTE
EDITORA: VERUS
PÁGINAS – 335
  EDIÇÃO 2018
CATEGORIA: ROMANCE BRASILEIRO
ASSUNTO: ROMNCE
ISBN: - 978-85-7686-681-7



CITAÇÃO:

“[...] O balé me resgata todos os dias. Enquanto eu danço, estou em um mundo onde não existem problemas.” (pág. 31)

“- Todos nós temos uma aliança com a morte. É o único encontro que temos certeza que acontecerá um dia. Com algumas pessoas mais cedo, com outras mais tarde. Apesar de sabermos disso, ninguém quer falar ou pensar sobre o tema.” (pág. 70)

ANÁLISE TÉCNICA:

-CAPA-

Toda cinza com rosto de um homem barbudo olhando para baixo e na lateral, uma jovem mulher vestida com roupa de balé e dançando
Inquestionável o quanto a capa transmite e se identifica com o teor do livro.
Capa: Marina Ávila.
Fotos da capa: @Ilyas Kallimulin/Shuteherstock (bailarina)
@Kirill Smyslow/Depositphotos (homem)

NOTA: 5,00 DE 5,00

-DIAGRAMAÇÃO:

As folhas são amareladas, quase brancas e as letras são pretas medianas.
Conteúdo: dedicatória; pensamento; programa da Companhia de Ballet de Londres; prólogo-O batizado; dividido em três atos: O feitiço, A visão e O casamento; 55 capítulos numerados e com logotipo de uma fita de sapatinha, no início de cada capítulo em trecho de música; epílogo; nota da autora; e, agradecimentos.
Achei fantástica a ideia da autora de dividir o livro em atos, como se fosse a interpretação de um ballet mesmo.
Editora Executiva: Raíssa Castro.
Edição: Thiago Miaker.
Coordenação Editorial: Ana Paula Gomes.
Copidesque: Érica Bombardi.
Projeto gráfico e diagramação: André S. Tavares da Silva.

NOTA: 5,00 DE 5,00

- ESCRITA:

A narrativa é descritiva em primeira pessoa pela protagonista feminina e em alguns trechos, pelo protagonista masculino.
Diálogo dinâmicos e até engraçados em alguns trechos, complementam a narrativa. Bem como troca de algumas mensagens de texto feitas pelo celular.
A linguagem é bem contemporânea, de acordo com a época atual, quando se passa o enredo, fluida e de facílimo entendimento e com tom mais hilário em algumas passagens.
Revisão: Cleide Salme.

NOTA: 4,90 DE 5,00


CITAÇÃO:

“[...] Quando alguém faz algo com a alma, quem percebe também é a nossa alma, e então somos tocados pelo outro de maneira profunda e íntima.” (pág. 110)

“[...] Ela me lembra como o abandono me fez ser quem eu sou hoje e, principalmente, sempre me faz pensar em como um bilhete, uma escolha, alguns segundos são suficientes para mudar sua ida e de todos ao seu lado.” (pág. 187)

SINOPSE:

“Nicole é uma jovem bailarina e está prestes a realizar seu sonho: estrear no papel principal em uma peça na Companhia de Ballet de Londres. Tudo estaria perfeito se não fosse pela presença de um dos seus diretores, o temido Daniel Hunter, um maestro prodígio de temperamento difícil, com um humor sombrio e que desperta em Nicole sentimentos contraditórios.

Quando uma tempestade de neve isola os dois em uma mansão centenária, Nicole e Daniel serão obrigados a encarar não apenas os segredos que atormentam o maestro, mas também uma paixão proibida — e avassaladora — que nasce entre eles.

Entre a tão sonhada carreira na dança, um amor intenso como ela nunca sentiu e a própria segurança, Nicole se verá diante de escolhas que parecem impossíveis. E caberá a ela resgatar Daniel de seu próprio passado...

Senhorita Aurora é um romance poderoso, tocante e perturbador, que mostra que todos merecem uma segunda chance, até mesmo alguém com fama de monstro.”

CITAÇÃO:

“Eu mesma carregava minha cota de traumas. Ninguém fica forte por acaso: a vida te lança desafios e você escolhe se vai deixar que eles te atropelem ou se vai passar por cima deles. Lembrei de uma frase de Bernard Shaw: ‘A vida é uma pedra de amolar: desgasta-nos ou afia-nos, conforme o metal de que somos feitos’. No meu caso, quanto mais a vida tentava me mostrar que eu era ferrada, mais eu mergulhava no balé; era meu porto seguro, minha própria pedra de amolar. Acho que para Daniel esse mergulho era na música.” (pág. 242)

RESUMO SINÓPTICO:

NICOLE ALVES é uma bailarina desde os 6 anos de idade e um prodígio. Agora aos 17 anos tem sua maior oportunidade de fazer parte da Companhia de Ballet de Londres, são apenas 15 pessoas escolhidas no mundo inteiro. Morava no Rio de Janeiro e nunca foi fácil sua trajetória, apesar de o pai ser um figurão militar, a abandonou, bem como a mãe, quando ela ainda era criança e nunca ajudou muito com as despesas, ele achava que ser bailarina não era uma profissão de verdade. A mãe, ao contrário do pai, foi quem sempre deu todo apoia à filha para que atingisse seu sonho, fazia jornadas duplas de trabalho e ainda costurava por fora para poder pagar as roupas, sapatilhas, cursos e tudo que Nicole precisasse para realizar seu sonho. Agora estava em êxtase, tinha conseguido ser contratada pela Companhia de Ballet e iria se mudar para Inglaterra...
No avião que a levaria para Londres, tem o desprazer de ficar ao lado de um homem forte, tatuado, ranzinza, mal educado, irritado, mandão e...lindo. Acabam tendo uma divergência e por fim, ela dorme e acorda com a cabeça encostada no ombro dele.
Após três anos morando em Londres, já sentia que ali era sua casa. Dividia um apartamento com NATALIE (NATHY), outra bailarina e se tornaram melhores amigas, quase irmãs. Nicole há dois anos fazia parte do corpo profissional da Companhia de Ballet de Londres como solista e isso a satisfazia como profissional. Participava agora para a seleção para ser Aurora no musical A Bela Adormecida de Tchaikovsky. Nervosa porque teria de passar pela última etapa da seleção e só seria aprovada se o Sr. Hunter, a aprovasse.
DANIEL HUNTER é um maestro com fama de perfeccionista ao extremo, mal-humorado e proeminente figurão da música, prodígio em sua arte, embora tenha apenas 26 anos. Perdeu os pais na infância e foi criado pela tia, uma das maiores bailarinas do mundo e por causa dela, resolveu se envolver na montagem do balé A Bela adormecida, onde tocaria para a apresentação. Vivia sozinho em uma mansão centenária, não tinha amigos e preferia ficar só na maioria do tempo. Se escondia atrás de uma barba enorme e amedrontadora.
Ao entrar para a audição, Nicole tem a impressão de já conhecer Daniel, porém não consegue se lembrar de onde. Daniel ao vê-la, dá um sorriso sarcástico e se lembra exatamente quem ela era: a jovem que viajou a seu lado no avião há três anos atrás e que jamais saiu da cabeça dele.
Apesar de tudo que sabe sobre o Sr. Hunter, Nicole acredita que ele não é tão amedrontador quanto todos dizem, sente até uma certa atração por ele. Daniel por sua vez, apesar de ser cada vez mais exigente, inconscientemente observa Nicole com intensidade. Há uma forte atração entre eles.
Quando ambos acabam ficando em uma situação delicada, presos na mansão dele devido uma nevasca de dias, a paixão acaba explodindo entre eles e se descobrem perfeitos um para o outro, mas o passado de Daniel e a posição de Diretor na peça que ela é a protagonista, os impedem de assumir um relacionamento.


CITAÇÃO:

“As pessoas que te amam podem não estar sempre presentes, mas te amarão para sempre. Todas que entram na sua vida têm algo de bom para trazer, seja por meio de aprendizados ou, do amor. Quem te ama te aceita e vê em você o seu melhor, mesmo em seus dias sombrios. Quem te ama vê em você a sua parte bonita. A vida sempre trará novos começos. As coisas mudam, mas nossa capacidade de amar e ser feliz sempre estará tão perto como o som do nosso coração batendo.” (pág. 326)

“Entendo hoje que os sonhos nunca nos abandonam, somos nós que desistimos deles. E fazemos isso porque, na maioria das vezes, as coisas não saem como esperamos, como planejamos. Porque temos medo de fracassar. Hoje sei que os desvios de caminho que enfrentamos nos levam exatamente aonde devemos chegar. E que Deus, a vida ou o universo nos entrega aquilo que pedimos e queremos, só que muitas vezes isso acontece de maneira um pouco diferente daquela que imaginamos. Entendo também que o que nos mata e nos tira a alegria não são os imprevistos e os desafios que precisamos superar, e sim nossa dificuldade de encontrar, nos caminhos inesperados, os sonhos e os presentes que estão ali, apenas esperando por nós.” (pág. 329)


ANÁLISE CRÍTICA E DO AUTORA:

Que livro é esse, gente? Simplesmente amei e se tornou uma das melhores leituras do ano.
Já havia lido dois outros livros da autora, porém eram romances de época, esse, é um romance contemporâneo muito bem elaborado e escrito.
Devo dizer que não é apenas mais um romance, envolve muito mais do que o relacionamento amoroso entre os protagonistas. Aborda assuntos importantes, como as dificuldades em se atingir os sonhos, amizades verdadeiras, obstinação, medos, fracassos, segredos do passado, doença grave e muitos outros assuntos que compõem essa trama bem desenvolvida, carregada de reviravoltas inesperadas.
Um livro totalmente surpreendente em vários aspectos e que torna o livro tão crível devido a uma realidade que pode ser vivenciada na vida real e acredito mesmo que em algum lugar do mundo, pode ter acontecido algo parecido e intenso como o enredo do livro.
A autora nos faz embarcar de cabeça em toda a realidade dos protagonistas, seus anseios, desejos, pensamentos, vontades, amores, decepções, amor e esperança. Ficamos torcendo para que tudo se resolva da melhor forma possível.
As personagens são bem descritas, bem desenvolvidas, inclusive as personagens secundárias, tem papéis importante em toda a trama e não tem como não nos sentirmos próximos e admiradores deles.
Confesso que Daniel Hunter se tornou um dos crushes literários do ano.
E como se tudo isso não bastasse, as reviravoltas após acharmos que tudo está resolvido, traz uma nova emoção e empolgação que perdura até o final da leitura.
E se tudo isso ainda não os convenceu a fazerem a leitura, leiam as citações e verão o tamanho do aprendizado que o livro traz. 
Claro que recomendo a leitura e até favoritei o livro, uma das melhores leituras do ano.

NOTA : 5,00* de 5,00

Resultado de imagem para EMOJIONSResultado de imagem para EMOJIONSResultado de imagem para EMOJIONSResultado de imagem para EMOJIONSResultado de imagem para EMOJIONS


SOBRE O AUTORA:

Foto -Babi A. Sette

Babi A. Sette autora de sucesso de critica e público é formada em Comunicação Social. Seus romances já publicados emocionam e divertem e já arrebataram milhares de fãs por todo o Brasil. Babi ama viajar, conhecer pessoas e descobrir lugares. Apaixonada por romances de época, jura que viveria feliz também no século XIX. Atualmente, mora em São Paulo com o marido, a filha, um cachorro, um gato e seus personagens.



CHEIRINHOS
RUDY



11 comentários:

  1. Olá Rudy!!
    Nossa que resenha, só de ler o resumo sinóptico e a resenha fiquei com uma imensa vontade de ler!! Essa capa é maravilhosa, amo quando o livro traz os personagens bem descritos e desenvolvido e adoro um romance que traz assuntos importantes e que tem surpresas no final, já estou torcendo por esse casal sem ao menos ter lido o livro!! Mais um livro para a minha imensa lista de Desejados!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lucia!
      Esse mais que vale a pena!
      Leia se puder.
      Bom semaninha iluminada!
      cheirinhos
      Rudy

      Excluir
  2. Difícil ver um livro tão bom assim!! Eu já li outras resenhas sobre ele e só tinha elogios também.
    É um livro que já tinha colocado na minha lista de desejados, e que agora recebe uma ênfase.
    Daniel se tornou meu crush só lendo as resenhas, imagina lendo o livro 😄

    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Larissa!
      É um dos melhores do ano, se não o melhor.
      Se tiver oportunidade, leia.
      Bom semaninha iluminada!
      cheirinhos
      Rudy

      Excluir
  3. Quero muito ler!
    Acompanhei as resenhas dele desde que foi lançado e nossa, que emoção!
    A capa é linda demais.
    E pelas resenhas parece ser muito apaixonante, cheio de reviravoltas, muito amor e emoção!
    Os livros da Babi sempre tem surpresas né!!
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Como é bom ler um livro que nos conquista desse jeito. Já tinha visto a capa do livro por aí, mas ainda não tinha lido nada sobre ele. A autora parece que soube aproveitar bem o tema desenvolvendo um enredo bem interessante. Dica anotada.

    ResponderExcluir
  5. Olá Rudy,
    "Senhorita Aurora" é um livro que está não meus desejados a um bom tempo, acredito que meu receio com ele, foi porque li outro livro da autora, estava com a maior expectativa e me decepcionei, não queria que isso acontecesse aqui. Mas, pude perceber que essa narrativa está bem melhor, mais madura, e que o romance evoluiu sem muita coisa fantasiosa (como no outro).
    Eu adoro quando, além da atração, vem a tona coisas que os protagonistas carregam com si, adoro uma carga de drama, e a autora soube colocar na medida certa a meu ver!
    Já faz algum tempo que não leio uma resenha com a classificação máxima, fico feliz, bom demais quando um livro nos envolve assim...
    Pretendo ler!
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Senhorita Aurora foi um dos primeiros livros com a qual eu tive contato com a autora Babi a Sette porém eu sei que esse foi o primeiro livro que ela escreveu mas apenas ganhou uma nova diagramação pela Editora verus Eu adorei o livro em muito Me lembrou o filme O Cisne Negro

    ResponderExcluir
  7. Quero muito ler,acompanhei as resenhas dele e estou muito curiosa com esse livro sua resenha de novo perfeita

    ResponderExcluir
  8. Menina... quando vc dá nota 5,00 pro livro, a curiosidade alcança um nível inimaginável kkkk
    Sempre tive interesse em ler algo da Babi...está nos meus planos pra esse ano.
    Vou começar por esse, pq parece incrível e com um enredo muito envolvente. Eu amo esses clichês 😍

    ResponderExcluir
  9. Halana!
    Ela é fenomenal, vale a pena. Todos os livros dela que li são fabulosos.
    Bom domingo!
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir

Adoro ler seus comentários, portanto falem o que pensam sem ofensas e assim que puder, retribuirei a visita e/ou responderei aqui seu comentário.
Obrigada!!
cheirinhos
Rudy